Cordoba

Descrição

Em Córdoba, em pleno centro do país, o famoso humor cordobês, aliado a uma simpatia única na Argentina, dá as boas vindas ao visitante que acaba de chegar.

Córdoba, a capital da província de mesmo nome, é a segunda maior cidade de toda a Argentina, mas você nem vai perceber. O clima interiorano ainda dita o ritmo dessa grande metrópole considerada a Capital Cultural das Américas.

A cidade foi Fundada no centro do país em 1573 pelos colonizadores espanhóis, que viram na localidade um conveniente ponto de parada entre o Alto Peru e o Rio da Prata. 

Córdoba  possui vários pontos históricos, turísticos e culturais de grande importância.

O itinerário cultural começa na Manzana Jesuítica, um bem cuidado quarteirão que começou a ser construído logo nos primeiros anos da chegada dos jesuítas e que, hoje, compreende a Igreja da companhia jesuítica fundada por San Ignacio de Loyola, a Universidade Nacional de Córdoba (a mais antiga da América do Sul, inaugurada em 1613) e o Colégio Nacional de Monserrat.

La Cañada de Córdoba é a parte de canalização de um córrego que atravessa a cidade de norte a sul.

O Arco de Córdoba é um importante símbolo da cultura localizado na entrada da Avenida Amadeo Sabattini. Em 2000, a UNESCO declarou a Manzana Jesuítica como Patrimônio Mundial da Humanidade e, em 2006, a cidade foi nomeada Capital Americana da Cultura naquele respectivo ano. Córdova protagonizou vários feitos de muita relevância na História argentina durante o século XX.

Possui uma imensa área verde de mais de 160 mil km² que inclui uma agitada vida cultural, histórias jesuíticas contadas entre paredes do século 16 e belas serras.

As construções do período jesuítico no quarteirão Manzana Jesuítica, as fazendas dos arredores e o belo entorno serrano chamam a atenção.

A qualidade do ar das famosas encostas cordobesas sempre atraiu pessoas com problemas respiratórios, como o asmático Ernesto Che Guevara, líder revolucionário argentino que passou boa parte de sua juventude nessa região antes de se aliar a Fidel Castro, com quem liderou a Revolução Cubana.

Prédios de tijolos vermelhos, fachadas coloniais e um grande canal, La Cañada, feito para impedir inundações, são símbolos dessa cidade no coração do território argentino.

Planícies e vales cercados por arroios e lagoas são as maiores descobertas dessa região ainda tão pouco difundida entre turistas brasileiros que escolhem o país vizinho como destino de férias.

Crédtio Imagens:
https://www.flickr.com/photos/bohemlo/2876610532/lightbox/
https://www.flickr.com/photos/douglasjonesjr/8087386767/lightbox/
https://www.flickr.com/photos/fotografias-joseluis/8031638381/lightbox/
https://www.flickr.com/photos/25222005@N08/6948982898/lightbox/
https://www.flickr.com/photos/rodoluca88/6923404850/lightbox/
https://www.flickr.com/photos/lucas_82/3970122178/lightbox/
https://www.flickr.com/photos/by-gonzalm/10874999064/lightbox/
https://www.flickr.com/photos/scarlatoda/10573301083/lightbox/

Entre em contato

Estamos prontos para lhe oferecer as melhores experiências de viagens.

Caso necessite de mais informações entre em contato pelo botão abaixo.

SOLICITAR ORÇAMENTO