Seul

Descrição

Seul , oficialmente Cidade Especial de Seul, é a capital, bem como a maior e mais importante cidade da Coreia do Sul, situada no noroeste do país, nas margens do rio Han.

 A cidade tem cerca de 10,3 milhões de habitantes residindo em seu núcleo urbano, que conta com uma área de 605,52 km². Sua área metropolitana, por sua vez, que inclui a cidade de periférica de Incheon engloba cerca de 22,7 milhões de habitantes, o que a torna a terceira maior área metropolitana do mundo, e efetivamente, a segunda maior da Ásia. Seul é o principal e mais desenvolvido centro financeiro e comercial da Coreia do Sul, e um dos principais do continente asiático e do mundo.

A exemplo de Tóquio, a capital da Coreia do Sul é uma daquelas típicas metrópoles em que o novo e o antigo convivem pacificamente no mesmo território. É muito curioso observar os edifícios espelhados típicos do mundo atual em contraste com tradicionais templos budistas. O país todo tem mais de três mil templos para uma população de 48 milhões de habitantes, o dobro de pessoas da Coreia do Norte. Um dos motivos dessa desproporção é que, durante os três anos da Guerra da Coreia, no comecinho da década de 1950, muita gente do outro lado da fronteira fugiu para a porção meridional da península, que permanece dividida e tem um governo comunista do lado norte.

Seul possui dois sítios listados com Patrimônio da Humanidade pela Unesco, o Palácio Changdeonkgung e o santuário Jongmyo, ambos relacionados aos monarcas Joseon e localizados em Isa-dong, norte da cidade. Outro palácio que vale a pena ser conhecido é o Gyeongbokgung, junto à avenida Sejong-ro, a mais movimentada da capital.

A poluição do ar de Seul agora está no mesmo nível de Tóquio e significativamente inferior à de Pequim. A área metropolitana de Seul acomoda seis grandes parques, incluindo o Seoul Florest, que teve início em meados 2005. A Seoul National Capital Área também contém um cinturão verde destinado a evitar a cidade a partir de sprawling ao longo da vizinha província de Gyeonggi. Essas áreas são freqüentemente procuradas por pessoas que vão descansar nos fins de semana e durante as férias. Destaca-se também o parque urbano Cheonggyecheon criado à beira do rio homônimo.

Além disso, Seul também é lar de um parque gigante, o Lotte World. Outros centros de atividades recreativas incluem os estádios que já foram usados para as Olimpíadas de Seul e para a Copa do Mundo da Câmara Municipal e o gramado público do City Hall's.

Uma área que nunca esteve no radar dos turistas comuns, mas que agora é quase destino de peregrinação é Gangnam. O rapper Psy e o YouTube merecem um monumento por parte da associação comercial local. Seu nome significa "ao sul do rio" e esta é exatamente a localização deste distrito comercial. Cheia de lojas bacaninhas, restaurantes e cafés da moda e butiques, não deixe de passear pelas rua Sinsa-dong Garosu-gil e pela simpáticas áreas de Apgujeong-dong e Cheongdam-dong. Dinâmica, workaholic e divertida, Seul é um convite para curtir a vida. Karaokês, gigantescos centros de jogos, partidas de beisebol e futebol e boa comida são o cardápio para aproveitar tanto o dia como a noite.

Outros lugares de interesse:

Insa-dong. Bairro no distrito de Jongno-gu. A principal rua é a Isadong-gil, rua tradicional coreana, com lojas de antigüidades, casas de chá e restaurantes coreanos. Aos domingos se transforma numa rua de pedestres. Estação Jonggak, línha 1.

Palácio Gyeongbokgung. O palácio mais antigo da dinastia Joseon. Estação Gyeongbokgung, linha 3.

Rua Myeong-dong. Rua comercial com lojas de moda jovem e butiques no distrito de Jung-gu. Estação Myeong-dong, linha 4.

Mercado Namdaemun. A poucos passos do centro se encontra este antigo e tradicional mercado. Namdaemun significa "grande porta do sul", já que muito perto está o antigo portal sul da cidade. O portal em si é conhecido como Namdaemun ou Sungnyemun. Neste mercado ao ar livre vende-se roupa, flores, comida e materiais de construção, entre outras coisas. Estação Hoehyeon, linha 4.

Colina Namsan. Literalmente "montanha do sul". Oferece uma vista panorâmica da cidade e recreação. Em cima há restaurantes, cafés e a torre de comunicações N Seul. É possível chegar por teleférico. Estação Myeong-dong, linha 4.

Parque Changch'ungdan. Parque aos pés da colina Namsan, distrito Jung-gu.

Itaewon. Bairro turístico no distrito de Yongsan-gu. É o mais ocidental das áreas de Seul. Restaurantes, lojas e vida noturna. Junto com Insadong e a Torre Seul é um dos lugares mais visitados por turistas. Estação Itaewon, linha 6.

Sinchon. Nesta área encontram-se as 3 universidades mais importantes de Seul. Suas ruas estão repletas de cafés, restaurantes e lojas. Estação Sichon, linha 2.

Gangnam. Esta área ao sul de Seul, distrito Gangnam-gu, concentra em seus alrededores galerias de arte, butiques, cafés e vida noturna. Também aqui se encontra o Centro de Convenção e Exibição (COEX), COEX Mall e o World Trade Center de Seul. Estação Gangnam, linha 2.

Crédito Imagem:
https://www.flickr.com/photos/mariosp/7273750750/lightbox/
https://www.flickr.com/photos/mariosp/7273767136/lightbox/
https://www.flickr.com/photos/emmanueldyan/5748612650/lightbox/
https://www.flickr.com/photos/bibbit/2948779230/lightbox/
https://www.flickr.com/photos/mariosp/7273797720/lightbox/
https://www.flickr.com/photos/mariosp/7273735152/lightbox/
https://www.flickr.com/photos/lukema/7838939688/lightbox/
https://www.flickr.com/photos/emmanueldyan/5748150221/lightbox/

Entre em contato

Estamos prontos para lhe oferecer as melhores experiências de viagens.

Caso necessite de mais informações entre em contato pelo botão abaixo.

SOLICITAR ORÇAMENTO